NOSSA VISÃO

Ser uma igreja que prega o Evangelho

com relevância e integridade,

atentos ao tempo e cultura

nos quais Deus nos plantou.

LOCALIZAÇÃO

Cultos todos os sábados, 20h

 

RSC 287 (Faixa Nova de Camobi)

8041, Santa Maria/RS 

(55) 3347-9017

 

luteranacamobi@gmail.com

CONECTE-SE
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Grey SoundCloud Ícone
  • Grey Spotify Ícone

© 2019 por Congregação Evangélica Luterana Bom Pastor. 

Água de graça

Sol forte, calor intenso e altas temperaturas são condições normais para os dias de verão em boa parte do nosso país. E em dias assim, o que mais desejamos é estar numa sombra e poder se refrescar com água de boa qualidade.

Em tempos de água engarrafada, muitas pessoas tem o cuidado de ler o rótulo e procurar saber de qual fonte a água foi extraída. Mas quando se trata da sede espiritual do ser humano, daquela sensação de esgotamento e de sufocamento da alma, onde podemos encontrar a água da melhor fonte?

A resposta está na Bíblia, a Palavra de Deus. Em Apocalipse está escrito: "A quem tem sede darei água para beber, de graça, da fonte da água da vida". (Apocalipse 21.6). A fonte da água da vida é o próprio Senhor Jesus Cristo. Ele é o único capaz de matar a sede espiritual do ser humano, oferecendo alívio e descanso para a seca intensa que enfrentamos durante nossa existência neste mundo.

E um detalhe muito importante: esta água é grátis, não custa nada para nós. Esta água que mata a sede espiritual foi comprada pelo próprio Deus, com o sacrifício, morte e ressurreição de Jesus em nosso favor. Beba desta água. Creia em Jesus como seu Salvador. Deposite toda a sua vida e toda a sua confiança para a vida eterna nas mãos de Jesus.

Oremos: Obrigado, Deus, por matar a minha sede espiritual com a água da fonte da vida, meu Salvador, Jesus Cristo. Amém.

Pastor Marcos Weide

Tempestades nas mãos do Senhor

Depois da tempestade vem a bonança. Este é um ditado popular que serve para nos lembrar que, nesta vida, não há tempestade que dure para sempre. Por mais severa que seja, por mais destruidora que se revele, ela é sempre passageira. Agora vamos inverter a ordem das palavras: depois da bonança vem a tempestade. Parece estranho e pessimista pensar assim. Mas também é verdade que, durante a nossa vida, o tempo bom é passageiro. Quando menos se espera, os ventos mudam e as tempestades se formam.

Porém, em dias maus e bons, estamos nas mãos do Senhor, pela fé que confia em Jesus Cristo. E como é bom saber que os "relâmpagos e chuvas de pedra, neve, nuvens e ventos fortes", todos eles obedecem à ordem de Deus. Algumas vezes somos surpreendidos com grandes tempestades, granizo e ventos fortes que causam grandes estragos. As forças da natureza louvam a Deus, o Senhor, e nos mostram o seu grande poder. Outras vezes são as tempestades da doença, da dificuldade nos relacionamentos familiares, do enfrentamento e vivência do luto e outras tantas que se formam sobre nós e até mesmo dentro de nós.

O Salvador Jesus Cristo enfrentou uma grande tempestade de angústia e sofrimento, horas antes de ser entregue à morte por nós. Ele morreu e ressuscitou para nos dar de presente o perdão dos nossos pecados e a certeza da vida plena e eterna, no céu, quando estaremos livres das tempestades, vivendo para sempre na bonança de nosso Deus.

Oremos: Senhor, obrigado por todas as tempestades da minha vida. Tudo está nas tuas mãos e tu sabes o que é melhor para mim. Preserva-me na fé em Jesus Cristo. Amém.

Pastor Marcos Weide

Tristeza e Alegria

De tempos em tempos somos obrigados a enfrentar a realidade da morte. Nos despedimos de parentes, amigos, pessoas queridas. E em momentos assim somos tomados pela tristeza.

Os discípulos de Jesus enfrentaram esta mesma tristeza por algum tempo, pois testemunharam a morte de seu amigo e mestre. Porém, o próprio Jesus havia alertado seus seguidores momentos antes de ser entregue: "agora vocês estão tristes, mas eu os verei novamente. Aí vocês ficarão cheios de alegria, e ninguém poderá tirar essa alegria de vocês". (João 16.22). Esta é a alegria da ressurreição, a alegria de saber e crer que a morte não tem mais poder absoluto sobre o ser humano. Com seu sacrifício na cruz, Jesus matou a morte. Ele ressuscitou e garante esta mesma vitória a todos que nele creem.

Por isso, não desesperamos ao nos despedirmos de alguém que partiu desta vida confiando em Jesus como seu Salvador. A tristeza certamente bate à nossa porta, mas a alegria que vem da certeza da vida eterna é maior do que a tristeza, pois o que é definitivo se sobrepõe ao que é passageiro. E temos a promessa de que essa alegria que recebemos pela fé em Jesus não nos será tirada. Jesus tranforma nossa tristeza em alegria.

Oremos: Graças, Senhor, pelo sacrifício e ressurreição de teu Filho Jesus Cristo, pois assim minhas tristezas são transformadas em alegrias eternas. Amém.   

Pastor Marcos Weide

Para ouvir e ler mais mensagens, acesse:

Mensagens de Esperança